Skip to content

Aquela que a Deborah foi para Natal

10/02/2010
tags: ,

Mais uma da série viagens de amigas !!!! Continuando com as histórias da Dê, mas agora sobre Natal, outro lugar que ela foi passar as férias.

Leia o que ela escreveu para a gente:

COMO CHEGAR:

Todas as companhias aéreas pousam no aeroporto internacional de Natal. Mas a Webjet tem um voo direto BHZ-NAT com duração de 2h40min e com preços bem amigos.

Natal é a capital do Rio Grande do Norte. Por ser uma cidade grande, a praia perde um pouco do charme, mas ainda assim há como se divertir bastante.

ONDE SE HOSPEDAR:

Na minha opinião, a rede hoteleira de Natal precisa de uma revitalização. A grande maioria dos hotéis (inclusive os resorts da Via Costeira) já estão decadentes.

A melhor e mais romântica pedida de Natal é a Pousada Manary. Localizada na Praia de Ponta Negra, de frente para o mar, ela é o destino ideal pra quem tem bom gosto. Com a arquitetura que lembra um pouco as cidades históricas, ela só tem 22 quartos e está entre os roteiros de charme do Brasil. O restaurante da pousada é divino e falaremos mais sobre ele daqui a pouco.

Outras opções de hospedagem são o Resort SEHRS que fica na Via Costeira (um pouco isolado do agito) e o Quality Hotel que fica na Ponta Negra, mas há quatro quadras da praia.

O QUE FAZER:

Natal oferece vários passeios bacanas. Apesar dos preços serem um pouco caros, eles valem a pena.

O mais famoso (e imperdível) é o passeio de buggy pelas dunas de Genipabu. O passeio, que dura o dia todo e custa R$ 100,00 por pessoa, oferece muita aventura, skibunda, aerobunda e visuais maravilhosos.

O mergulho nos Parrachos de Maracajaú também são boa pedida. Mas atenção! É preciso ficar atento ao horário da maré. Com a maré cheia, não dá pra ver quase peixe colorido nenhum.

O passeio para ver o Cajueiro de Pirangi, o maior do mundo, é rapidinho e o visitante ainda pode comer caju (pra quem aguentar né?) tirado do pé na hora.

Para quem gosta de umas comprinhas, a dica é o Shopping do Artesanato Potiguar, que tem vários stands que vendem desde enxovais em renda renascença até castanha de caju coberta com gergelim.

À noite, a dica é ir a um forró na Ponta Negra, pra dançar ou ver o show que os potiguares dão.

ONDE COMER:

Nós fomos em dois restaurantes famosos em Natal.

O Restaurante Camarões, como o próprio nome já diz, oferece uma infinidade de pratos com camarões e diversos acompanhamentos. Como é a opção também dos moradores de Natal, o restaurante fica cheio o ano inteiro e a espera chega a ser de 2 horas. O ambiente é super agradável e bem espaçoso. Na minha opinião, os pratos perdem um pouco do sabor por serem feitos em grande escala.

A grande surpresa da viagem foi o Restaurante Manary, que fica na pousada de mesmo nome. Listado na Associação “Pratos da Boa Lembrança”, o restaurante é um deleite para todos os sentidos. Com poucas mesas ao ar livre (em volta da piscina) e à luz de velas, a experiência é um sonho. Todo o cardápio foi feito integrando ingredientes da culinária nordestina com as técnicas internacionais mais respeitadas. A montagem dos pratos é meticulosa, o atendimento excelente e a brisa do mar dá um toque refrescante ao ambiente.

Puro luxo essa menina, né!!!! Então é isso, com certeza vou para esse lugar também e se souber de mais dicas, por favor pode ir falando.

Beijos

Carol

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: