Skip to content

A garota ideal | com pipoca | para quem sentia falta

05/06/2011

Por Marcela Falci

Lars é um cara tímido, solitário e vive na garagem da casa de seu irmão mais velho.

Sua cunhada, Karin, está sempre preocupada com sua vida pacata e reclusa, fazendo constantes convites para jantares e cafés da manhã, que nunca acontecem.
Até que num belo dia Lars anuncia a chegada de uma amiga que conhecera na internet.
Bianca é uma linda missionária religiosa, meia brasileira e meia dinamarquesa, usa cadeiras de rodas e não fala inglês.
Tudo certo se não fosse pelo fato de Bianca ser uma boneca.
A pedido da psicóloga a comunidade se mobiliza para entrar na ilusão de Lars e deixar com que ele mesmo encontre uma solução para essa situação.

Todo mundo quer alguém pra chamar de seu.

O filme trata com graça a necessidade que o homem tem de trocar afetos.

Como Lars tem dificuldade de se comunicar com os outros, ele cria essa fantasia para dar vazão a sua vida sentimental há tanto reprimida.

É atraves de Bianca que ele lida com seu passado e começa a se abrir para os outros.

O problema é: até quando essa ilusão vai durar?

Essa histórias me impressionam e me faz pensar como nossa psique é mais poderosa do que nosso livre arbítrio. 
O inconsciente esta sempre num degrau acima de nós.
O melhor que podemos fazer é não deixar traumas esquecidos numa gaveta, porque de um jeito ou de outro eles voltam.

Bom filme!

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: